FGTS e a compra de imóveis: o que mudou? - Exkalla
Rear View Of Loving Couple Walking Towards House

FGTS e a compra de imóveis: o que mudou?

De 2017 para cá, o FGTS passou por diversas mudanças, mas uma das maiores é em relação ao seu uso para a compra da casa própria. Por isso, se você está pensando em realizar o sonho do seu apartamento, é muito importante entender quais são as mudanças.

O governo havia informado que o valor máximo para a compra de um imóvel seria de R$ 1,5 milhão para imóveis novos e que esse valor se aplicava para qualquer estado do país. Porém, a realidade do país e dos trabalhadores provou que essa não era uma opção realista, gerando novas ideias para realizar o sonho da casa própria utilizando o dinheiro do FGTS de uma forma mais factível e que não comprometa a sua segurança financeira e nem a da sua família.

O consórcio é uma dessas opções que apresentam uma forma mais realista para o trabalhador alcançar o seu objetivo de casa própria. Por isso, é interessante sempre pesquisar com bancos e instituições privadas sobre propostas para encontrar alguma que caiba no seu planejamento financeiro.

Como posso usar o FGTS no consórcio de imóveis?

O FGTS pode ser utilizado para dar um lance em um consórcio ou complementar a carta de crédito destinada para a compra do seu apartamento. Ou seja, se você não tem o valor, mas possui o dinheiro em sua conta do FGTS, pode solicitar o saque para concluir a compra de uma casa pronta ou ainda em construção.

Então, se você está procurando por uma forma para comprar a casa dos seus sonhos, analise todas essas possibilidades. E para encontrar um empreendimento que seja o seu novo lar, entre em contato com um dos corretores da Exkalla.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.